Impresión 3D La ignorada del Facility Management

Impressão 3D: O negligenciado do Facility Management

“Merry_Christmas” foi a primeira mensagem de texto enviada como SMS a 3 de dezembro de 1992. Ninguém poderia imaginar que este tipo de comunicação teria futuro, a não ser os visionários das empresas de telecomunicações que iniciaram uma corrida para integrar este serviço. Certamente hoje ninguém tem dúvidas sobre este sucesso. E se pensa que está em desuso com a chegada de novas plataformas, saiba que em 2020, a cada segundo, foram enviadas mais de 275 mil SMS, um aumento de 33% face a 2019.

Não sabemos se algo semelhante sucede com a impressão 3D industrial no âmbito do Facility Management. Parece estar a ser subestimada, sendo uma tecnologia que pode alterar aspetos da operação de muitos imóveis. Os dados surgem dos primeiros resultados obtidos pelo projeto internacional FMgoesDIGI, a partir dos qual se mede o grau de maturidade da digitalização do FM a nível internacional. O estudo analisa mais de quarenta tecnologias sobre as quais se avalia o seu impacto e o futuro para a disciplina. Somente algumas estão no relatório da fase um do estudo: aquelas que provaram ser tecnologias reais, que podem ser adquiridas, que foram implementadas com sucesso comprovado em várias empresas e que o valor direto para o FM é visível.  Com estas premissas, apenas vinte e cinco tecnologias foram incluídas.

(Se pretender participar clique neste link, demorará menos de 4 minutos a completar o questionário).

Importa referir que, curiosamente, das 3.500 respostas recolhidas até ao momento, em nove tipos de perfis e em 100 países, a maior parte concorda num aspeto – sabem o que é a impressão 3D, no entanto não veem qualquer relação com o FM. Nesta linha de serviço e para todos os grupos, é a tecnologia que mais respostas oferece. Talvez seja porque tradicionalmente a impressão 3D está mais associada ao contexto doméstico, a um mundo “maker” e a “early adopters” das novas tendências, ou ainda porque não se conhecem as capacidades reais. De qualquer modo, o objetivo desta publicação é ampliar os horizontes, ilustrando com dados, porque consideramos que a tecnologia irá ter um forte impacto no FM.

Vamos citar alguns exemplos, sem referir marcas comerciais, que levaram a incluir a impressão 3D entre as 25 tecnologias selecionadas. Encontrámos vários hospitais, onde o departamento de serviços desenhava dezenas de peças, amortizando o custo de uma máquina num ano. Estamos a falar de um investimento na ordem dos 30.000 euros. Um exemplo que foi partilhado é que conseguiram fazer uma peça obsoleta que não puderam obter de nenhum fornecedor.

Outro caso apresentado é o de uma multinacional, líder absoluta no seu setor, que está a incorporar impressoras 3D industriais em todas as suas fábricas, imprimindo peças sobressalentes imprescindíveis para máquinas cujo stock de segurança representa um custo, um espaço e uma dependência de fornecedores internacionais que atualmente não podem ser permitidos, pelos problemas logísticos derivados da pandemia. Outras empresas do mesmo setor estão a obrigar os seus fornecedores a ter impressoras 3D industriais para fornecer peças de reposição temporárias para máquinas-chave, até que possam enviar as peças sobressalentes originais.

Embora sejam exemplos claros, não somos especialistas na área, por isso solicitámos a uma das maiores empresas do setor que disponibilizasse um momento para nos explicar detalhadamente o alcance desta tecnologia. Incluímos no nosso programa de cursos monográficos e terá lugar no próximo dia 4 de fevereiro. O seu registo gratuito poderá ser efetuado a partir deste link  Esperamos que tal permita aos participantes entenderem a sua importância e relevância para o nosso setor. Muito obrigado à Dynamical 3D pela sua preciosa ajuda. Estaremos na primeira fila para aprendermos mais sobre este assunto.

Tal como o SMS, foi encontrada uma infinidade de aplicações, comerciais, avisos, emergências, lembretes, entre outros. Esperamos que o mesmo aconteça com esta tecnologia. Já vimos que durante a pandemia foram “impressos” objetos como respiradores, válvulas, suportes de ecrãs, máscaras personalizadas, puxadores de portas sem mãos, chaves para evitar contacto com as superfícies, entre muitos outros. O limite é a imaginação e a necessidade.

compartilhe em suas redes sociais
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Deseja mais informações sobre o que fazemos em Consultoria, Formação e Investigação en Facility Management?

Hola, ¿cómo
podemos ayudarte?

Rellena el siguiente formulario y te enviaremos el reglamento interno y código ético:

Olá, como
podemos ajudá-lo?

Participar do Observatório FM

Preencha o seguinte formulário e lhe enviaremos o regulamento interno e o código de ética:

Como participar?

Colaborar com o Observatório FM é uma decisão pessoal e voluntária, e não há vínculo contratual ou compensação financeira por isso.

Qualquer interessado pode solicitar a participação como líder de um novo projeto, ou se candidatar como colaborador a um já existente.

Uma comissão técnica avaliará o objeto dos projetos propostos e as solicitações dos participantes, decidindo quais serão realizados e por quem.

Cada pessoa decide quanto quer dedicar, dependendo da disponibilidade ou do tipo de projeto. O objetivo é que seja uma atividade altruística e não uma carga de trabalho adicional.

Em que consiste?

Na promoção e publicação de estudos que ajudem os profissionais do sector e para que os restantes compreendam a nossa profissão e disciplina.

Os resultados e outputs são compartilhados de forma aberta, sempre reconhecendo as contribuições de todos os seus autores e colaboradores.

A atividade do Observatório respeita a objetividade, a ética, o rigor e as boas práticas que regem a nossa área de Investigação.

Os colaboradores têm acesso às melhores ferramentas colaborativas, informações setoriais e contatos, além de contar com o auxílio de consultores especializados e investigadores de nível internacional.

Investigação

Observatorio FM

É uma plataforma que potencia o desenvolvimento e a difusão de conteúdo ligado ao Facility Management, aberta a todos os que desejem participar com o objetivo de partilhar pela comunidade. Nesse sentido, os pontos chave são uma participação ética, objetiva e desvinculada de outros interesses. Adicionalmente, cada participante define quanto tempo pode dedicar.

Pode participar como:

  • Líder: define u tema e coordena a atividade
  • Colaborador: participa no desenvolvimento dos conteúdos

Em troca, proporcionamos:

  • O estado da arte e as tendências relacionadas com cada tema
  • Acesso a especialistas
  • Ferramentas de colaboração
  • Design e uma plataforma de difusão para os conteúdos que sejam criados

A sua colaboração será sempre mencionada nos créditos dos trabalhos realizados em que tenha aportado a sua contribuição.

Investigação

Projetos

Fazemos parte do grupo de pesquisa europeu e trabalhamos em equipas internacionais para o desenvolvimento de diferentes tipos de iniciativas:

  • Financiamento público
  • Competições internacionais

Também trabalhamos para prestadores de serviços, que desejam suporte em decisões relacionadas a:

  • Posicionamento
  • Lançamento de produtos
  • Procura de sócios
Investigação

Normalização

Como especialistas credenciados nos processos de redação das normas europeias e internacionais de Asset e Facility Manangement, somos o parceiro perfeito para o ajudar com:

  • Alinhamento com os regulamentos
  • Assistência na certificação
  • Formação especializada

A FMHOUSE é a única empresa de consultoria de língua espanhola que participa destes processos

Investigação

Divulgação

Na FMHOUSE, pensamos que a evolução que está em Facility Management deve ser partilhado. É por isso que dedicamos um esforço para produzir e publicar os seguintes tipos de conteúdo abertamente:

  • Tendências nacionais e internacionais
  • Análises setoriais
  • Estudos de mercado

O Observatório FM” está aberto caso queira colaborar em qualquer publicação.

Consultoria

Ambiente de Trabalho

A visão dos espaços ou local de trabalho na perspectiva do Facility Management serve para entender essa necessidade como serviço, pois é necessário aplicar a mesma lógica e metodologia.

Em geral, oferecem:

  • Avaliação e otimização
  • Estratégias de design
  • Soluções e cenários
  • Bem-estar e produtividade

Aplicamos a nossa experiência em escritórios, mas também em espaços educacionais, centros comerciais e no ambiente industrial.

Consultoria

Benchmarking

Para tomar as melhores decisões, deve trabalhar com dados claros e precisos, tanto do mercado quanto da própria organização. Isso no ambiente do Facility Management é ainda mais crítico devido ao impacto que causa nos negócios.

Exemplos de tipos comparativos:

  • Custos de operação
  • Uso/alocação de recursos
  • Auditoria e avaliação de conformidade

Esses serviços são solicitados principalmente pelos usuários finais, mas também pelos fornecedores de serviços.

Consultoria

Experiência de Cliente

Tudo o que é feito em Facility Management visa satisfazer algum tipo de cliente, interno ou externo. Compreender o que eles sentem e precisam é a chave para poder oferecer um bom serviço a eles.

O nosso suporte é baseado em:

  • Avaliação de satisfação
  • Percepção do cliente
  • Modelos centrados nas pessoas
  • Gestão de mudança

Trabalhamos para entender e conhecer os clientes dos nossos clientes, de qualquer setor e tipo de negócio.

Consultoria

Transformação Digital

O mundo do Facility Management está a passar por uma profunda transição para ambientes digitais. Ajudamos os nossos clientes a entender o que isso significa e acompanhamo-los na mudança.

As nossas áreas de suporte são:

  • Digitalização de processos
  • Viabilidade e integração
  • Cultura digital
  • Resposta tecnológica

Atuamos como consultores independentes e não como vendedores de marca.

Aconselhamos os clientes finais e também os prestadores de serviços.

Consultoria

Modelos de Serviços

Qualquer tipo de empresa precisa definir ou melhorar a maneira como estrutura as atividades de suporte fornecidas pela Facility Management.

Os nossos principais produtos são:

  • Diagnóstico de estado
  • Dimensionamento de serviços
  • Grupos e modelos
  • Suporte em licitações
  • Assistência na implantação

A proposta está estruturada para medir de acordo com necessidades específicas.

Ajudamos os clientes finais e também os prestadores de serviços.

No FMHOUSE, são utilizados cookies propostos e alterados para melhorar os serviços mais recentes. Se você continuar navegando, considere que aceita novos recursos términos de uso y nuestra política de privacidade e de cookies