Facility Management y los Centros de Memoria Histórica

Facility Management y los Centros de Memoria Histórica

Como todo proceso de creación de espacios públicos destinados a albergar usos específicos, el diseño de un Centro de Memoria, independientemente de su ubicación, tiene unas connotaciones específicas hacia sus usuarios finales, en donde promotores, ciudadanos y organizaciones  sociales y de víctimas, se congregan en torno a una iniciativa, pública o privada para hablar y generar espacios de memoria histórica, como instrumento para la construcción de la paz, la democracia y la plena vigencia de los derechos humanos.

Para los responsables de su materialización en proyecto construible, el reto se centra en el cómo conseguir que las expectativas generadas tanto en los promotores, como en la comunidad sean cumplidas, consiguiendo que la nueva edificación sea sostenible, rentable y con una simbología que trasmita por sí misma.

¿Cómo manejar la memoria histórica, cómo mantenerla, cómo hacer que trascienda a través de los tiempos dejando para las nuevas generaciones esos trozos de historia que marcaron a una sociedad determinada? ¿Cómo el FM puede ayudar a que esa memoria reflejada en una edificación, perdure y se conserve propiciando así mejores espacios de soporte para la comprensión y el entendimiento de los pueblos?

Memoria como concepto simbólico que se materializa a través de exposiciones, monumentos, espacios de sanación colectiva o exaltación, en recintos donde se ponen a disposición de los “clientes” los productos para ser consumidos a través de sus propias acciones, también simbólicas.

La configuración de espacios donde se habla de tortura, culpabilidad moral, castigo social, donde someter, excluir, masacrar, desplazar o torturar son verbos comunes en el día a día del centro, impone un desafío a la hora de suplir a la edificación de servicios asociados al uso, puesto que si bien, estaríamos hablando de servicios comunes a otra tipología de proyectos, es muy probable que existan elementos específicos de transmisión de memoria que requieran de mantenimientos especiales. En algunos casos puede ser el tener que incluir árboles de otras latitudes que transporten a sus observadores o en otros casos, lágrimas que derramadas y suspendidas en espacios de vértigo, sean las encargadas de generar emociones, afectos, experiencias y expresiones de liberación de la palabra, todo ello, claro está, con una necesidad expresa de ser mantenido.

Simbolismos que en diseño, tienden a materializarse en elementos de grandes magnitudes, formas sinuosas o accesos imposibles que en muchos casos pueden generar problemas a la hora de proceder con el mantenimiento. Parece evidente, y es sólo mirar algunos ejemplos de arquitectura moderna, que en muchos casos, mantenimiento y diseño divergen y hasta se contraponen a la hora de plantear una propuesta. Pareciera lógico, en aras de obtener un artefacto funcional a todos sus efectos, el emular las teorías de construcción de centros de memoria, las cuales se acompañan durante su proceso de ejecución, de la acción colectiva de ciudadanos y víctimas, e incluir en fases tempranas del proceso de desarrollo de un proyecto, consultores o Facility Managers quienes mediante su experiencia y conocimiento, aporten una visión diferente de conjunto que detecte posibles interferencias en la vida útil del activo.

Comprobado está que 1 peso invertido en fase de diseño, equivale a invertir 10 pesos en fases de construcción y 100 en fase de explotación.

Porque al final se trata de eso, por una parte, el recurrir a formas creativas de plasmar en el espacio memorias cuyo contenido, en muchos casos no termina de definirse y cuya interpretación posiblemente siga siendo materia de disputa, y por el otro, dotar a esos espacios de las herramientas, servicios y modelos necesarios que garanticen que tanto memoria como edificación continúen presentes para futuras generaciones.

Photo by: CNMH http://bit.ly/1g5d10T

compartilhe em suas redes sociais
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Deseja mais informações sobre o que fazemos em Consultoria, Formação e Investigação en Facility Management?

Hola, ¿cómo
podemos ayudarte?

Rellena el siguiente formulario y te enviaremos el reglamento interno y código ético:

Olá, como
podemos ajudá-lo?

Participar do Observatório FM

Preencha o seguinte formulário e lhe enviaremos o regulamento interno e o código de ética:

Como participar?

Colaborar com o Observatório FM é uma decisão pessoal e voluntária, e não há vínculo contratual ou compensação financeira por isso.

Qualquer interessado pode solicitar a participação como líder de um novo projeto, ou se candidatar como colaborador a um já existente.

Uma comissão técnica avaliará o objeto dos projetos propostos e as solicitações dos participantes, decidindo quais serão realizados e por quem.

Cada pessoa decide quanto quer dedicar, dependendo da disponibilidade ou do tipo de projeto. O objetivo é que seja uma atividade altruística e não uma carga de trabalho adicional.

Em que consiste?

Na promoção e publicação de estudos que ajudem os profissionais do sector e para que os restantes compreendam a nossa profissão e disciplina.

Os resultados e outputs são compartilhados de forma aberta, sempre reconhecendo as contribuições de todos os seus autores e colaboradores.

A atividade do Observatório respeita a objetividade, a ética, o rigor e as boas práticas que regem a nossa área de Investigação.

Os colaboradores têm acesso às melhores ferramentas colaborativas, informações setoriais e contatos, além de contar com o auxílio de consultores especializados e investigadores de nível internacional.

Investigação

Observatorio FM

É uma plataforma que potencia o desenvolvimento e a difusão de conteúdo ligado ao Facility Management, aberta a todos os que desejem participar com o objetivo de partilhar pela comunidade. Nesse sentido, os pontos chave são uma participação ética, objetiva e desvinculada de outros interesses. Adicionalmente, cada participante define quanto tempo pode dedicar.

Pode participar como:

  • Líder: define u tema e coordena a atividade
  • Colaborador: participa no desenvolvimento dos conteúdos

Em troca, proporcionamos:

  • O estado da arte e as tendências relacionadas com cada tema
  • Acesso a especialistas
  • Ferramentas de colaboração
  • Design e uma plataforma de difusão para os conteúdos que sejam criados

A sua colaboração será sempre mencionada nos créditos dos trabalhos realizados em que tenha aportado a sua contribuição.

Investigação

Projetos

Fazemos parte do grupo de pesquisa europeu e trabalhamos em equipas internacionais para o desenvolvimento de diferentes tipos de iniciativas:

  • Financiamento público
  • Competições internacionais

Também trabalhamos para prestadores de serviços, que desejam suporte em decisões relacionadas a:

  • Posicionamento
  • Lançamento de produtos
  • Procura de sócios
Investigação

Normalização

Como especialistas credenciados nos processos de redação das normas europeias e internacionais de Asset e Facility Manangement, somos o parceiro perfeito para o ajudar com:

  • Alinhamento com os regulamentos
  • Assistência na certificação
  • Formação especializada

A FMHOUSE é a única empresa de consultoria de língua espanhola que participa destes processos

Investigação

Divulgação

Na FMHOUSE, pensamos que a evolução que está em Facility Management deve ser partilhado. É por isso que dedicamos um esforço para produzir e publicar os seguintes tipos de conteúdo abertamente:

  • Tendências nacionais e internacionais
  • Análises setoriais
  • Estudos de mercado

O Observatório FM” está aberto caso queira colaborar em qualquer publicação.

Consultoria

Ambiente de Trabalho

A visão dos espaços ou local de trabalho na perspectiva do Facility Management serve para entender essa necessidade como serviço, pois é necessário aplicar a mesma lógica e metodologia.

Em geral, oferecem:

  • Avaliação e otimização
  • Estratégias de design
  • Soluções e cenários
  • Bem-estar e produtividade

Aplicamos a nossa experiência em escritórios, mas também em espaços educacionais, centros comerciais e no ambiente industrial.

Consultoria

Benchmarking

Para tomar as melhores decisões, deve trabalhar com dados claros e precisos, tanto do mercado quanto da própria organização. Isso no ambiente do Facility Management é ainda mais crítico devido ao impacto que causa nos negócios.

Exemplos de tipos comparativos:

  • Custos de operação
  • Uso/alocação de recursos
  • Auditoria e avaliação de conformidade

Esses serviços são solicitados principalmente pelos usuários finais, mas também pelos fornecedores de serviços.

Consultoria

Experiência de Cliente

Tudo o que é feito em Facility Management visa satisfazer algum tipo de cliente, interno ou externo. Compreender o que eles sentem e precisam é a chave para poder oferecer um bom serviço a eles.

O nosso suporte é baseado em:

  • Avaliação de satisfação
  • Percepção do cliente
  • Modelos centrados nas pessoas
  • Gestão de mudança

Trabalhamos para entender e conhecer os clientes dos nossos clientes, de qualquer setor e tipo de negócio.

Consultoria

Transformação Digital

O mundo do Facility Management está a passar por uma profunda transição para ambientes digitais. Ajudamos os nossos clientes a entender o que isso significa e acompanhamo-los na mudança.

As nossas áreas de suporte são:

  • Digitalização de processos
  • Viabilidade e integração
  • Cultura digital
  • Resposta tecnológica

Atuamos como consultores independentes e não como vendedores de marca.

Aconselhamos os clientes finais e também os prestadores de serviços.

Consultoria

Modelos de Serviços

Qualquer tipo de empresa precisa definir ou melhorar a maneira como estrutura as atividades de suporte fornecidas pela Facility Management.

Os nossos principais produtos são:

  • Diagnóstico de estado
  • Dimensionamento de serviços
  • Grupos e modelos
  • Suporte em licitações
  • Assistência na implantação

A proposta está estruturada para medir de acordo com necessidades específicas.

Ajudamos os clientes finais e também os prestadores de serviços.

No FMHOUSE, são utilizados cookies propostos e alterados para melhorar os serviços mais recentes. Se você continuar navegando, considere que aceita novos recursos términos de uso y nuestra política de privacidade e de cookies